Nosso futebol

Entrevista com Marta (Orlando Pride e Seleção Brasileira)

Hoje no Podcast do Futebol Europeu Fernando Kallás entrevista a melhor jogadora da história, a brasileira Marta.

Na véspera da vitória do Brasil contra a Espanha, em Madri, a meia-atacante do Orlando Pride falou sobre sua carreira, sua admiração por Cristiano Ronaldo e pelo crescimento do futebol feminino. Não perca!

Assine o Podcast do Futebol Europeu no iTunes.
Assine o Podcast do Futebol Europeu no Stitcher.

Para receber os episódios do podcast atualizados no seu celular, esse é o Feed RSS do programa:

http://futeboleuropeu.libsyn.com/rss

Papo com Mauro Cezar Pereira (ESPN) sobre o Real Madrid 12x campeão europeu

Fernando Kallás e Mauro Cezar Pereira, jornalista dos canais ESPN e colunista do Estadão, conversam sobre a vitória do Real Madrid contra a Juventus na final da Champions League.

Se você usa iPhone, assine o Podcast do Futebol Europeu no iTunes.
Se você usa Android, assine o Podcast do Futebol Europeu com o Feed RSS do programa: 
http://futeboleuropeu.libsyn.com/rss

Você pode assinar o podcast também pelo Stitcher.

Podcast: Leonardo Bertozzi analisa a final da Champions entre Juventus e Real Madrid

Ouça o comentarista dos canais ESPN Leonardo Bertozzi analisar com Fernando Kallás a grande final da Liga dos Campeões de 2017 entre Juventus e Real Madrid.

Assine o Podcast do Futebol Europeu no iTunes.
Assine o Podcast do Futebol Europeu no Stitcher.

Para receber os episódios do podcast atualizados no seu celular, esse é o Feed RSS do programa:

http://futeboleuropeu.libsyn.com/rss

 

Quem é Ernesto Valverde, novo técnico do Barcelona

Fernando Kallás analisa o anúncio de Ernesto Valverde como novo técnico do Barcelona.

 

Podcast: Jamil Chade fala sobre a prisão de Sandro Rosell e corrupção no futebol

Hoje estreio meu novo podcast e o convidado é o jornalista Jamil Chade, correspondente do Estadão na Suiça, autor dos livros "A Copa como ela é" e "Política, propina e Futebol", que detalham os esquemas de corrupção no futebol brasileiro.

Jamil conversa comigo sobre a prisão do ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell, acusado de liderar uma máfia de lavagem de dinheiro que lucrava ilegalmente com os contratos de direito de imagem da seleção brasileira de futebol.

O fracasso de James Rodríguez e o Real Madrid das luzes de neon

Camisetas_james

James Rodríguez durou três anos no Real Madrid.

Continuar leyendo

Análise em vídeo sobre Vinicius Junior no Real Madrid

Fernando Kallás analisa a possível contratação de Vinicius Junior pelo Real Madrid.

 

Vinicius Junior perto do Real Madrid

Vinijr

O Globoesporte.com deu a bomba desse fim de semana: o Real Madrid vai pagar 45 milhões de euros ao Flamengo pra contratar Vinicius Junior.

Continuar leyendo

Fred, do Shakhtar: "O Brasil tem os seus problemas, mas nada se compara a uma guerra"

Fredkiev

Conversei com Fred, estrela do Shakhtar Donetsk, para tentar entender como é a vida de um jogador que mora num país em guerra. A entrevista foi publicada em espanhol na edição impressa do AS na quarta-feira 15 de fevereiro, mas abaixo você pode ler na íntegra esse bate-papo em português.

Continuar leyendo

Meu ídolo, Deva Pascovicci

Não conhecia o Deva Pascovicci.

Mas o Deva era meu ídolo. Era quem eu sempre quis ser profissionalmente.

Desde criancinha eu sempre quis ser narrador esportivo. Minha mãe guarda até hoje as fitas cassetes que eu gravava escondido quando pirralho.

Primeiro foi Osmar Santos. Ficava louco com ele. Me fascinava aquela voz que sorria, que ecoava nos quatro cantos de onde aquele rádio estivesse.

Mas daí eu cresci e um dia escutei um trovão. Um estrondo, que chegava a fazer tremer o rádio, reverberando como um terremoto em conjunto com a explosão da arquibancada.

Quem é esse cara? De onde ele surgiu?

O tenor da CBN. O Pavarotti, como o amigo Paulo Massini gostava de apresentá-lo antes das transmissões.

Um narrador com poucos chavões. Que era puro improviso. Que vibrava com cada gol de maneira diferente, conforme a emoção daquele momento lhe tocasse. Não havia dois gols iguais.

Conheço, admiro e sou amigo de muitos narradores. Mas existía algo na voz e na maneira do Deva narrar que me estremecia. Que me fazia voltar a ser criança. A sonhar com a cabine. Eu queria ser o Deva Pascovicci.

Porém ele sempre foi um personagem que eu acompanhei de longe. Ele morava e trabalhava em São Paulo, eu no Rio e depois saí do Brasil. E essa distância só fez aumentar essa imagem do super-homem (ou super-narrador) que eu tinha.

Até que ele começou a fazer dupla com o Mário Marra como comentarista.

Eu ligava pro Marra sempre que podia e inevitavelmente acabava perguntando do Deva. E o amigo sempre, pacientemente, me contava alguma história para alimentar minha fantasia de tiete.

De longe, escutava a CBN pela internet. A campanha do Corinthians na Libertadores e no Mundial, narrada por ele, é pra fazer até palmeirense chorar.

Aí veio o câncer. E segui a doença e sofrimento também através dos amigos em comum. Torcendo para que o Deva saísse dessa.

E ele saiu. Venceu. Fez uma Copa do Mundo maravilhosa. Mesmo tendo passado pelo suplício de narrar o 7 a 1.

Ouvi TODOS os jogos que ele narrou. E no fim das transmissões sempre ligava pro Marra.

Combinamos de tentar nos encontrar, conhecer o ídolo. Mas nunca conseguimos coincidir. A Copa acabou, eu voltei para Espanha, ele saiu da CBN. E esse encontro nunca aconteceu.

Nesta terça eu voltei a ligar pro Mario Marra. Um dos poucos momentos que me levantei durante um dos piores dias que lembro ter pasado dentro de uma redação.

O Deva foi um dos pais, amigos, filhos, irmãos, maridos, exemplos, mentores, ídolos, que foram vítimas de uma tragédia que abalou o Brasil. O mundo.

Ao sair do jornal, aqui na Espanha, fui correndo buscar as crianças no colégio... Dei um abraço apertado nos dois, chorando copiosamente.

Um dia doído que serve pra te lembrar de abraçar quem você ama sempre que puder.

Bem apertado.

Olhar nos olhos e dar de um beijo. Dizer o que sente.

Não deixar pra amanhã aquele papo, aquela matada de saudade.

Porque tudo pode mudar num piscar de olhos.

 

© DIARIO AS, S.L. - Valentín Beato, 44 - 28037 Madrid [España] - Tel. 91 375 25 00